REPRESENTAÇÃO PERMANENTE JUNTO DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS EM VIENA


Turismo

Apesar dos grandes condicionalismos no passado, devido a situação de conflito armado, Angola apresenta um enorme potencial de desenvolvimento turístico, tendo o Governo angolano criado o Ministério da Hotelaria e Turismo para dinamizar esta área bastante importante. Os encantos de Angola são numerosos e diversificados, já que, uma magnificência natural invulgar se alia uma fabulosa gastronomia, não esquecendo a sua riqueza étnica, que reúnem excelentes condições para o desenvolvimento do sector turístico.

Em consequência, os recursos de Angola permitem o desenvolvimento do turismo ambiental, turismo rural, agroturismo, turismo costeiro ou do eco-turismo. Pode parecer excesso de optimismo falar de turismo num país que acaba de sair de uma guerra cívil, com suas infraestruturas destruídas, mas é exactamente isso o que faz de Angola um caso particularmente interessante também para este sector. Para além das áreas de difícil acesso no interior do país, são amplas as áreas que já oferecem possibilidades interessantes para o investimento no sector do turismo. Naturalmente, trata-se ainda de um turismo orientado para um mercado empreendedor e menos exigente em termos de conforto. O território virgem é muito adequado para o turismo ecológico, sustentável, respeitoso do meio ambiente, sobretudo nas áreas caracterizadas por um equilíbrio ambiental mais delicado.

Angola tem capacidade para se tornar uma nova fronteira do turismo do século XXI. Tomando todas as precauções necessárias para viajar em condições de segurança, inclusive do ponto de vista sanitário, o turista descobre enormes territórios inexplorados, que permaneceram isolados do mundo por longos anos e que, pela primeira vez, se abrem aos estrangeiros.

Existem três exemplos de investimento no sector do turismo em Angola, designadamente as praias tropicais entre Luanda e Benguela, com panoramas encantadores e ao alcance do turista contemporâneo, o deserto do Namibe (que marca o início do deserto que dá o nome ao país vizinho, a Namíbia) e as montanhas do planalto da Huíla.

Actualmente, regista-se um turismo crescente que descobre as belezas angolanas. Com o aumento da procura interna e as potencialidades do turismo estrangeiro, que já registou os primeiros sinais de interesse após três anos do fim da guerra (180.000 turistas em 2004), os investimentos no sector hoteleiro e turístico ganham crescente interesse.

Para mais informações, por favor consulte os sites dos Governos Provinciais e empresas turísticas disponíveis nos nossos links.

 

Copyright 2014 Embaixada de Angola na Áustria, Croácia, Eslovénia e Eslováquia | Seilerstätte  15/10A-1010,  Viena,  Áustria
Tel.: +43 1 718 74 88, Fax: +43 1 718 74 86 | informações por telefone entre 15:00h. e 16:30h / embangola.viena@embangola.at | home | serviços consulares para angolanos | serviços consulares para estrangeiros | mapa da página | ficha tecnica